O Bolsa-família é a junção de programas sociais criados por FHC e a Estabilização da Economia é OBRA DE ITAMAR E FHC.




Blogueiros Decentes

Ainda que teus passos pareçam inúteis, vai abrindo caminhos,

como a água que desce cantando da montanha. Outros te seguirão...

(Saint-Exupéry)



sábado, 15 de outubro de 2011

Comentando o comentário... em "Diferenças do capitalismo, socialismo e comunismo"

Capitalismo:
Você tem duas vacas e com elas alimenta sua família e faz o que quiser com o leite e com o dinheiro da venda. Se quiser, vende todo ele ou o excedente ou doa, ou joga fora (há energúmenos que fazem isso) e o governo não se mete em coisas que não são da conta dele, desde que você pague os devidos impostos.
Sua religião é sua e o governo não quer saber e não censura o que ela prega (Mesmo se a igreja prega o "evangelho do dinheiro”).
Você assiste o que quiser nos 15 canais abertos e, se quiser, paga com o SEU dinheiro, do seu trabalho, para assistir os 150 canais pagos.
Se um governante ignorante e inculto fica falando bobagem você pode reclamar ou sair fora.
HÁ POLÍTICOS E ASSESSORES QUE ROUBAM, MAS QUANDO SÃO DESCOBERTOS SÃO PUNIDOS!
Se quiser viajar, você paga a passagem e os impostos, altos ou baixos, com o SEU dinheiro do SEU trabalho, que você conseguiu com o próprio suor.
Pode comprar quantos telefones quiser, um (ou dois) para cada filho adolescente, NAS EMPRESAS PRIVATIZADAS DE TELEFONIA.

Socialismo:
Você tem duas vacas, eles (os picaretas travestidos de governantes) tomam as vacas, obrigam você tirar o leite, que fica prá eles, dão um pouquinho para sustentar mais picaretas que não trabalham, filiados ao MARSI, Movimento dos Apoiadores do Regime Socialista Igualitário.
Invadem suas terras, comem sua comida e bebem sua bebida, usam seu banheiro e, às vezes, deixam você e a família dormirem no estábulo.
Vendem o leite no mercado negro e afirmam categoricamente que vão dar o leite aos pobres companheiros carentes.
O país perde sua qualidade em tudo, na mesma proporção da incompetência dos companheiros travestidos em governantes, e aparecem os miseráveis e famintos em proporções assustadoras, que são obrigados a ouvir indefinidamente os discursos ufanistas dos enganadores, querendo preparar os “companheiros” para a “evolução” para o comunismo radical.
Há MUITOS POLÍTICOS E ASSESSORES QUE ROUBAM, MAS QUANDO SÃO DESCOBERTOS DIZEM QUE NÃO SABIAM DE NADA E PASSAM A MÃO NA CABEÇA DOS OUTROS PICARETAS, IMPEDINDO QUALQUER TIPO DE PUNIÇÃO....E CONTINUAM A GRITAR QUE OS OUTROS É QUE SÃO OS LADRÕES!
Às vezes eles (os picaretas) deixam que você saia do país, mas se não voltar eles sacaneiam com a tua família e ficam com teu maior bem:
tua melhor TV, fabricada em 1957.

Comunismo:
Você tem duas vacas. Eles matam você! Muitas vezes matam também a sua família, ficam com uma vaca para os líderes do partido, aproveitam da sua família e a escravizam, quando a deixam viva, obrigando-a a ordenhar a outra vaca.
Eles (os malucos picaretas travestidos de governantes, ou os chefes das comunas ou os secretários das comunas, ou os coordenadores das comunas, ou os soldados das comunas) ficam com todo o leite, enquanto sua família definha de fome e morre.
Usam sua família (que mataram) como mártires e culpam sem parar o capitalismo e o cristianismo. Culpando os outros, “endurecem o regime, porém com ternura”, punindo qualquer discordância com a morte. Mas... matam “com carinho”...
Também é punida com prisão sem nenhum direito, ou com a morte, a suspeita, o “achismo” ou a descoberta de pensamentos contra o regime.
NÃO ROUBAM NADA DE NINGUÉM PORQUE NINGUÉM TEM NADA... TUDO É DELES!
Obrigam você a assistir os programas da “revolución” que endeusam picaretas incomparáveis, e conseguem, com esse endeusamento, criar o desejo nos “burgueses” sem inteligência, de defender esses “ícones de coisa nenhuma”.
Não se pode, em nenhuma hipótese, deixar o país, especialmente se for para viver no “inferno” capitalista...
Se você consegue fugir do país, sem ser morto, eles não ficam com “porra” nenhuma tua, porque você não tem nada mesmo!

Em 2009, postei esse texto, agora recebo um comentário de um Anônimo
Êba! Mais um leitor para se juntar aos dois!

O tal "Anônimo" disse...
Você é um idiota. Não sabe do que está falando. Recomendo que estude.
7 de outubro de 2011 09:26

Meu comentário ao comentário:
No Brasil de hoje...
Ser "Idiota" é ponto positivo, é elogio
"Não saber o que está falando" é ponto positivo, é elogio
Estudar?
Se eu estudar, perco a chance de receber uma baciada de títulos e honrarias.

É (ou não é?) Nóis!

2 comentários:

  1. Refatoraria para:

    Capitalismo: Você tem duas vacas e com elas alimentaria sua família; porém você precisa de dinheiro para comprar carne e tem de vender uma das vacas. A renda de sua família cai pela metade. Você passa a depender de serviços públicos pois não tem como pagar pelos privados. A saúde pública é uma porcaria, pois a política do governo diz que se você quer ser bem atendido tem que pagar por isso. Seu filho fica doente e você não tem como tratá-lo. A educação pública está cada vez mais sucateada, e, como você não tem dinheiro para pagar uma educação de qualidade, seus filhos têm uma formação ruim e são facilmente influenciados pelos meios de comunicação de massa e pelos políticos que oferecem "bolsas-miséria" em época de eleição. Seu filho doente morre na fila de um hospital público e você precisa vender sua única vaca para dar um enterro decente para ele. Você não tem mais o sustento da família. Seus filhos começam a passar fome e para conseguir algum dinheiro partem para o crime. Eles morrem em um tiroteio com a polícia.


    ----
    Não acredito que perdi meu tempo lendo o post desse cara! A ironia mal formulada no final do texto ainda foi pior do que ele defender o capitalismo. (Recomendo que estude)²

    ResponderExcluir
  2. Dicionário: Idiota (do grego idiótes, o homem privado - em oposição ao homem de Estado, ou público; ou na acepção vulgar aquele absolutamente ignorante em algum ofício, homem sem educação, ignorante, pelo latim idiota).

    Quem será?
    Desculpe mas você (Anônimo) se enganou no título.
    Se não gosta do blog ou não acredita na filosofia porque lê?
    Não perca mais seu tempo.

    ResponderExcluir