O Bolsa-família é a junção de programas sociais criados por FHC e a Estabilização da Economia é OBRA DE ITAMAR E FHC.




Blogueiros Decentes

Ainda que teus passos pareçam inúteis, vai abrindo caminhos,

como a água que desce cantando da montanha. Outros te seguirão...

(Saint-Exupéry)



quarta-feira, 12 de junho de 2013

Vamos acabar com o dia dos namorados!


Tô constrangido!
Ôrra meu!

Tô sem namorada!
Tô traumatizado hoje, que é dia dos Namorados.
E esses políticos não ligam, mesmo, pros excluídos...!
E a senadora só liga prá alguns “departamentos”, mas não liga prá todos os  excluídos!
Por que a sugestão para acabar SÓ com o Dia das Mães e o Dia dos Pais...
e não acabar com o Dia dos namorados?
Afinal, tô sem namorada!!!!
TÔ CONSTRANGIDO PÔ!!!!!

A menos que o dia dos namorados seja exclusivamente para os... sacumé, né... “namorados”!
Se for assim... Tô fora!
Peço muitas desculpas aos políticos “progressistas” e à imprensa “progressista” e aos chegados “progressistas”, mas sou HETERO!
E digo NÃO!!! à Heterofobia

Ah... tá!
Talvez alguma senadora vá sugerir que seja criado o dia das... namoradas.
Afinal, quando for dia da namorada mulher, tem que ser Dia das namoradas, né, não?
E como é prá namorada mulher o dia não pode ser criado, TEM QUE SER  “criadA”, afinal é “A” dia da namorada mulher, aliás, até já existe uma Lei prá isso!

Então
Não podemos esquecer dos outros ... outros excluídos... lembro apenas QUATRO, prá representar TODOS os excluídos e as excluídas.

 Sugiro:

Acabar com o 
Dia da parada gay, afinal, não sou gay e me sinto constrangido.
Acabar com o 
Dia do Taxista, afinal, o taxista que estiver sem táxi pode se sentir constrangido.
Acabar com o 
Dia do sapateiro, afinal o sapateiro que não tiverem sapataria, pode se sentir constrangido.
Acabar com o 
Dia da secretária, afinal a secretaria que estiver sem chefe pode ficar constrangida.

VAMOS Acabar com o Dia de TODOS os excluídos!


ABAIXO O DIA DOS NAMORADOS E DAS NAMORADAS!
VIVA OS EXCLUÍDOS E AS EXCLUÍDAS!

É (OU NÃO É?) NÓIS!

Nenhum comentário:

Postar um comentário